Ir para o conteúdo

Prefeitura Nova Serrana - A cidade que mais cresce em Minas
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
22
22 NOV 2021
MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE
PREFEITO DE NOVA SERRANA RECEBE PLANO MUNICIPAL INTEGRADO DE GESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E DE SANEAMENTO BÁSICO  
enviar para um amigo
receba notícias
A equipe da secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Nova Serrana (Semas) entregou ao prefeito Euzebio Lago nesta sexta-feira (19), o Plano Municipal Integrado de Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos e de Saneamento Básico do município. O Plano traz projeções de crescimento do município e um conjunto de ações para modernizar o serviço de saneamento, corrigir falhas e reduzir os gastos públicos.
 
Todo o Plano foi discutido e sistematizado pela equipe da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade e trás as perspectivas para os próximos 10 anos. O texto foi aprovado por unanimidade pelo Conselho Municipal de Saneamento Básico de Nova Serrana.      

Para o prefeito Euzebio Lago, é um dos deveres da administração pública melhorar a prestação dos serviços de saneamento básico, afim de atender a demanda de toda a população.
 
“É mais que uma responsabilidade é uma questão de dignidade humana. Todos têm o direito de ter acesso a água de qualidade para consumo, tratamento de esgoto, infraestrutura de drenagem e um meio ambiente rico e saudável, garantam assim qualidade de vida agora e para as próximas gerações”.
 
Além da qualidade da água, tratamento de esgoto e preservação do meio ambiente, colocando o município em condições de acessar de forma adequada recursos públicos e privados, o Plano também trata da gestão dos resíduos sólidos produzidos em Nova Serrana, apontando medidas para a correta gestão, captação, descarte e aproveitamento destes resíduos, cuja produção chega a aproximadamente 57 toneladas diárias; uma média dos últimos 14 anos. O texto também aponta ações para minimizar os impactos nocivos decorrentes de enchentes, inundações e riscos de deslizamentos de encostas.
 
Estima-se que ao coordenar e conduzir de forma independente a elaboração do Plano, a Semas economizou cerca de R$ 1 milhão aos cofres públicos, além de permitir a viabilização de investimentos futuros superiores a R$ 300 milhões.
 
Na última quinta-feira (19), o Plano Municipal Integrado de Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos e de Saneamento Básico foi protocolado na Câmara Municipal para apreciação dos vereadores.
 
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia